A fotografia censurada

Um fotógrafo mostra o que vê. Olha e constrói o que vê. Não falamos de edição de imagem, mas da própria composição, do ângulo que, não só nos permite ver o que aconteceu, como nos indicia o sentir do que se passou.

E o que esta imagem mostra é a força masculina. É o elogio da virilidade, a transmissão do orgulho de Duarte Pio a descrever a caçada da sua mulher, da sua Isabelinha, que, com um tiro, matou aquele bravo pato; aquele mesmo que ora jaz no meio da sala.

ganso

SAR D Duarte de Bragança, foto de Paulo Rascão/Madremedia

Leia o artigo do Sapo24 aqui

This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s