Primeiro Ministro Australiano repesca fórmula portuguesa para implantar uma República

O primeiro-ministro da Austrália, Malcolm Turnbull, subiu ao palco no passado domingo para pedir dois referendos para se separar da mãe-pátria e conta com 7% dos membros do parlamento , com o apoio dos partidos e com a morte da Rainha Isabel II para o fazer.Aquilo que não foi possível com um referendo far-se-á a partir do governo e aproveitando a morte da Soberana  ,um plano que lembra a Implantação da República em Portugal em 1910

stability

Como ultrapassar uma forte queda de popularidade? O primeiro-ministro australiano ,no passado dia 17 de Dezembro,descobriu a solução e delineou um roteiro para romper com a Grã-Bretanha, renovando os pedidos para a Austrália se tornar uma República.De acordo com o próprio as pesquisas de opinião não valem coisa alguma desde a eleição de Trump ,de onde se conclui que a afeição ao regime pelos australianos deve ser visto com algum cepticismo :“Se formos complacentes, se dissermos que a reforma é muito difícil, se apenas queremos fingir que o mundo não está mudando ao nosso redor, simplesmente cairemos atrás da manada e não podemos estar preparados para fazer isso afirmaria numa entrevista recente sobre a queda de popularidade do Governo.

No primeiro discurso de Malcolm Turnbull sobre o tema desde que assumiu a liderança no ano passado, o republicano exigiu um processo de votação em duas fases, com um plebiscito para determinar o modelo eleitoral antes de um referendo sobre se a Austrália deveria se tornar uma república.

Turnbull disse que as perguntas sobre como um chefe de Estado australiano deveria eleito – numa eleição presidencial ou por nomeação parlamentar – enfraqueceram o apoio a uma república durante um referendo de 1999.
“O nosso chefe de Estado deve ser um de nós (…) O nosso presidente deve ser um residente … Nós não temos nenhum outro motivo, nenhuma outra razão além do amor do país.”
a nação só deveria abandonar a monarquia quando o reinado da rainha terminar.

“A grande maioria dos australianos não conheceu outro chefe de Estado do que a Rainha”, afirmando que verdadeiramente todo o australiano era verdadeiramente um “isabelino” numa referência de que o apoio à Monarquia se basearia totalmente no carisma da Rainha :
“Ela é tão admirada e respeitada que poucos de nós podemos dizer – sejam monarquistas ou republicanos – que não somos isabelinos.”

Turnbull proferiu o seu discurso num evento em Sydney para marcar o vigésimo quinto aniversário do Movimento Republicano Australiano, movimento que co-fundou e liderou durante a preparação para o referendo de 1999.

No entanto, Turnbull, o primeiro primeiro-ministro da Coligação conservadora a apoiar uma república, sinalizou que não acreditava que os australianos estivessem com pressa em fazer a mudança, dizendo que a questão era “mais lenta do que há 20 anos” .
Caberia a
os movimentos republicanos de “base”, e não para os políticos, mobilizar o público.

O discurso do Sr. Turnbull veio após uma pesquisa sobre  os Membros do Parlamento (MP) ,onde encontrou um forte apoio para transformar a Austrália numa república. A pesquisa, conduzida pelo movimento republicano australiano, encontrou 81 MP’s na câmara baixa (de 150 membros) e 40 MP’s na câmara superior, ou senado, apoiariam a troca, Apenas sete por cento dos deputados na Câmara, 28 por cento dos senadores afirmaram-se monárquicos.

Turnbull usou seu discurso para propor uma solução para o problema que levou ao fracasso do referendo de 1999, dizendo que a Austrália deve primeiro fazer uma votação sobre o modelo preferido para uma república – para decidir se permitir que o povo ou os deputados para escolher a cabeça ,antes de realizar um referendo constitucional.

Bill Shorten, o líder da oposição e igualmente republicano, pediu uma abordagem bipartidária e instou Turnbull a adoptar um calendário mais rápido para fazer a mudança.

“Tempo para o PM para liderar o seu partido, não seguir”, afirmaria num tweet.

RGS

 

Advertisements
This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s