Revolução Francesa:Liberdade, Igualdade e Monarquia?

Em Londres, o presidente Hollande toma uma chávena de chá com a rainha. Isto, três dias antes do 14 de julho (“Dia da Bastilha”), para o qual os guardas , aviões, cavalos e bombeiros estavam ocupados no ensaio. Se certos monarcas do passado tivessem tido a destreza de Sua Majestade Britânica, poderia no dia da Bastilha haver um Monarca Francês ao lado de Hollande a comemorar a Revolução Francesa sob a égide de uma Monarquia Constitucional

Luís XVI

Mas quando cortou suas perdas tentando a fuga da revolução, Luís XVI apagou essa possibilidade. Esgueirando em direcção à fronteira com a família, o rei foi denunciado por um carteiro de aldeia. Até hoje ninguém sabe exactamente por que ele ia deixar a França. Embora ele fosse impotente, o Rei podia jantar, vestir e se divertir-se como quisesse. A maioria de seus antigos súbditos continuou a pensar nele como “pai” e a maioria dos revolucionários planeava uma monarquia constitucional. Tivesse o rei mantido seu sangue-frio e certamente teria mantido a cabeça.

Foi por isso que a televisão exibiu O dia em que tudo mudou ? Legendado como a A Fuga de Luís XVI, este drama histórico data de 2009. Sua campanha causou sua própria revolução – graças ao slogan “Para salvar seus filhos do terror …”. Desde o Terror só começou depois da execução do Rei Luís XVI , esta deixou os historiadores franceses enfurecidos em todo o país.

Graças ao actor Antoine Gouy (Luís XVI), o filme é surpreendentemente bom. Um veradeiro sósia que confere realismo à figura do monarca. Maria Antonieta é pouco mais do que a sua folha – uma anoréxica exasperada em perucas atômicas. Porque a maioria dos espectadores franceses conhecem bem cada personagem, o cineasta tomou várias liberdades com detalhes e diálogos.

É claro, existem os monárquicos franceses. Todos os anos, eles lamentam a morte de Luis, com uma Missa especial em sua memória .L’Alliance Royale  são os conservadores ,o núcleo duro e católicos; La Nouvelle Ação Royaliste  chamam-se de “os monarquicos razoáveis”. Alguns dos monarquicos reconhecem “Louis XX”, nascido em Madrid como : Alfonso Jaime Marcelino Manuel Víctor María de Borbón y Martínez-Bordiú. Um banqueiro, ele é herdeiro actual mais visível do trono francês.

Talvez fosse apenas no sangue. Uma das poucas paixões de Luís XVI era a caça, com pouco mais de 14 anos, ele derrubou 200 mil animais. Essa pontuação vem do diário real do Rei, em que ele marcou qualquer dia ele deixou de caçar “rien” (“nada”). O dia da Bastilha caiu, isso é tudo o que ele relatou.

O Monarca ao fugir, sem motivos reais, quebrou os laços de fidelidade com o Povo e deixou cair por terra aquilo que a Monarquia representava ainda.Abandonou a condição de Rei para passar a ser mais um cidadão sem legitimidade para ocupar o cargo que ostentava .

Advertisements
This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s