mil anos de monarquia

De 910 a 1910

 

Da génese da Monarquia Portuguesa ao início da República


 Ver o currículo do Autor João Silva de Sousa*

“Com centro em Portugal, junto à foz do rio Douro, viria a constituir-se,  a partir dos finais do século IX, uma entidade político-administrativa cuja área se estendeu de sul do rio Minho,  até à chamada Terra de Santa Maria, já a sul do Douro”.

Nota de Bernardo Vasconcelos e Sousa.

 

1.

Foi durante o governo de Afonso III das Astúrias (866-911) que se deu início a duas situações muito importantes para o futuro Reino de Portugal independente, e para dar início, em 1179, à Monarquia Portuguesa que iria vingar até 1910, embora o seu espírito e as instituições criadas ao longo dos últimos anos perdurassem no sistema republicano e ainda hoje, por muitos, vivamente saudadas. Aliás, os benefícios que se aguardavam desde logo com o advento da República, só muito mais tarde foram parcialmente sentidos, não tendo ainda sido possível desgarrar a experiência monárquica de mil anos das bases estruturais e de convívio (a todos os níveis) que hoje saudamos no Portugal republicano. Infelizmente, quanto mais avançamos no tempo, mais nos sentimos engolidos pelas grandes potências e, no interior do País, vamos dando a devida nota a situações só comparáveis com o que de pior nos apresentou, ocasionalmente, o regime monárquico. Poderíamos dar aqui conta de muitos factores originários da desordem do Reino e da ira dos partidos opostos ao conservadorismo e mesmo ao constitucionalismo monárquicos. Recordemos tão-só a violenta morte do rei de Portugal e do Príncipe herdeiro, por um ódio que germinou com as consequências do Ultimatum que nos foi colocado pela Inglaterra. Curiosamente, fez-se o 25 de Abril por inúmeras razões, mas também para nos desfazermos das colónias e da guerra que as sustentava e que já não tinham razão de ser. Aquilo por que chorámos nos anos finais da monarquia veio a tornar-se um factor de desagrado e instabilidade generalizados durante o Salazarismo e o Marcelismo….ler mais

fonte:  http://www.arqnet.pt/portal/artigos/jss_monarquia1.html

Advertisements
This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s