Juncker propõe um governo económico comunitário na questão da crise da dívida grega

O presidente do Eurogrupo (um conselho dos ministros europeus com a pasta das finanças) Jean-Claude Juncker alertou também para o risco de contágio de uma falência da Grécia a outros países da Zona Euro, como Portugal e Irlanda, e até a Bélgica e a Itália, antes de Espanha.Propõe que parte da solução das crises da divida publica na UE sejam resolvidas por via do orçamento comunitário, o que parece implicar indirectamente uma noção de programa económico europeu

“Eu não compreendo – sou sem dúvida demasiado ingénuo – esta perversidade europeia que exige que, quando se trata de atribuir à Grécia volumes financeiros importantes em matéria de coesão e de política regional, continuemos a insistir na obrigação de co-financiamento daqueles programas”, afirmou Juncker numa entrevista ao jornal La Libré Belgique. E sugere uma mudança de regras para dar um “balão de oxigénio” à Grécia, que “poderia receber apoio naquelas políticas para desenvolver as infraestruturas e aumentar o potencial de crescimento”.

Para o líder dos ministros das Finanças da Zona Euro, “a Europa aparece como o bicho papão” na solução da crise da dívida grega, e gostaria que “desenvolvêssemos também, sendo Europa, uma articulação económico-política que volte a dar esperança aos gregos”.

Advertisements
This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s